Notícia

Mãe mata filha de 8 anos com deficiência


Uma mãe da região de Paris, morta no início da semana, sua menina de 8 anos, desabilitou o motor cerebral. Ela então tentou cometer suicídio. O promotor de Rennes falou de um "drama de desespero". (Notícias de 25/08/10)

  • Originalmente da região de Paris, essa mãe havia se estabelecido há dois meses em Saint-Malo, com sua filha de 8 anos, Meline, um motor e cérebro com deficiências graves. A condição da menina, totalmente dependente, exigia a presença permanente de uma terceira pessoa.
  • Um fardo que se tornou muito pesado para essa mulher de 44 anos que cometeu o irreparável no início da semana matando sua filha e depois tentando acabar com sua vida. Se a mãe está fora de perigo hoje, a criança não sobreviveu. "Uma tragédia de desespero, até desespero", segundo o promotor de Rennes.

Pais muito solitários?

  • O centro de lazer Pluriel, que acolheram a menina desde junho, por sua vez, recordaram o apoio necessário a esses pais "O atendimento a crianças com deficiência não pode ser reduzido à única questão de sua escolaridade, orientação no estabelecimento ou pagamento Devemos fazer o possível para impedir que mães de crianças com deficiência sejam forçadas a deixar o trabalho, o primeiro passo de um exílio social, geralmente sem retorno. levar uma vida tão comum quanto possível. "
  • A mãe de Meline abandonara o emprego de balconista no nascimento de sua filha e cuidara sozinha depois do abandono do pai. Ela agora está enfrentando prisão perpétua por assassinato. Lembremos que, até agora, os tribunais foram indulgentes com esse tipo de tragédia.

Stéphanie Letellier